IF – Instituto Futuro

O Instituto Futuro (IF)  é um centro propulsor de reflexões humanistas e de investigações científicas avançadas, com o propósito de elevar os padrões acadêmicos da UFPE.

Objetivos 

Ao abordar temas emergentes nos campos humanístico e científico, o IF tem primeiramente dois objetivos:

1) Ser promotor de reflexões inovadoras

2) Fazer avançar – nos três níveis de ações da UFPE (a formação (graduada e pós-graduada; a pesquisa cientifica e  a extensão) – o conhecimento humano e o senso de responsabilidade e de comunidade (a relação universidade – sociedade).                                                                                                                                                                                                             Com estes princípios, ao se constituir como uma unidade  autônoma de estudos de transversalidade disciplinar na UFPE,  o IF tem como um dos seus propósitos principais ser um ambiente reflexivo, fundamentado na critica sobre o passado, nas conjecturas do presente e dedicado às especulações sobre o futuro; e finalmente, transpor os limites físicos e sociais do Campus universitário.

Ao mesmo tempo, com um olhar para a própria UFPE, seu segundo propósito é que as atividades promovidas pelo IF,  além de serem produtoras de reflexões inovadoras, também  contribuam, do ponto de vista institucional, para vislumbrar a criação de novos grupos de pesquisa e novos programas de formação graduada e pós-graduada que potencialize as responsabilidades da Instituição.

Sobre o as atividades do IF: O Prospecta | Recife

O termo “Prospecta” foi adotado com o sentido  de abrir caminhos, desbravar, investigar, segundo o documento de fundação do Instituto que investigou o papel dos institutos de estudos avançados em instituições nacionais e internacionais.   Acompanhado do nome Recife, toma o significado de prospectar desde o Recife.  As atividades são de vários  tipos: conferências, mesas redondas, seminários, oficinas e exposições.

A cada Biênio, no mínimo um seminário, quatro oficinas e uma exposição.  Com o propósito de promover reflexões, releituras, recriações a partir de uma linha condutora, ou temática, sobre  a qual se dedicar a cada biênio, as atividades são concebidas com o apoio de um pensador destacado por suas ideias e comprometimento com o ser humano, com o debate de ideias, nos campos da cultura, da arte e da ciência.  Este pensador pode assumir o papel de curador das atividades do biênio, cabendo-lhe estabelecer junto a Coordenação, estruturas de mediação e de reflexão com o publico, apontar nomes a convidar, etc.

Ao final do período, os resultados dos compartilhamentos de ideias e de processos deve ser registrado em um dos tipos das Edições | Futuro.

Os ciclos:

  1. Abertura temática: Sessão solene de abertura das atividades bienais, com a participação de palestrante convidado e de debatedores;
  2. Oficinas trimestrais: com o objetivo de introduzir visões transdisciplinares sobre o tema em tela. Cada eventos será gravado e divulgado por meio das Edições | Futuro.
  3. Seminário bienal: ápice do programa de atividades, fundamentado na série de eventos do período Neste seminário acontece a conclusão temática com o encerramento do programa e o lançamento dos Anais do Prospecta | Recife.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s